Para quem ainda tem dúvidas em quem votar nas próximas eleições legislativas ou não tem tempo para ler os programas eleitorais até dia 6 de outubro, a Guess What acaba de disponibilizar um guia para o ato eleitoral deste fim-de-semana, onde resume e compara as medidas dos principais partidos políticos.

No domingo, podem ir às urnas mais de 10.8 milhões de portugueses, para elegerem 230 deputados, escolhidos de entre 21 forças políticas concorrentes e a informação contida nos programas eleitorais é essencial.

Saúde, impostos, digital e clima

Mas o que defendem Partido Social Democrata (PSD), Partido Socialista (PS), Bloco de Esquerda (BE), Centro Democrático Social – Partido Popular (CDS-PP), Coligação Democrática (CDU) e Pessoas-Animais Natureza (PAN)? As áreas mais destacadas pelos partidos são a saúde; impostos, transformação digital e alterações climáticas, ambiente e transição energética.

Pegando nos impostos, o PSD defende a “edução da carga fiscal em IRS para as famílias da classe média, através da redução das taxas aplicáveis ao rendimento das pequenas e médias poupanças e o PS prefere “dar continuidade ao desenvolvimento de mecanismos que acentuem a progressividade do IRS, revendo os respetivos escalões

As propostas

Mas quais são as frases e expressão que mais chamam à atenção? O PSD refere que “a doença não se cura com ideologia”, “promover a saúde antes de combater a doença” ou “Desenvolvimento Tecnológico, Digitalização e Inteligência Artificial: Preparar o País e as Novas Gerações”.

Já o PS, propõe “criar junto das unidades de cuidados primários de territórios de baixa densidade, unidades móveis que possam prestar em proximidade cuidados de saúde primários” ou “promover a digitalização das escolas”.

A palavra mais repetida

Na hora de fazer a análise das palavras mais utilizadas pelos partidos, há expressões comuns aos programas dos seis principais partidos portugueses: “públicos” (ou variações como público ou públicas), “saúde”, “Portugal” ou “social. Para além destas, o PSD destaca “recursos”, “empresas” e “desenvolvimento”; o PS usa com frequência, “acesso”, “gestão” ou “serviços”; o BE opta por “bloco”, “direitos” ou “investimento”; o CDS realça “fiscal”, “economia” ou país. A CDU sublinha “nacional”, “política” ou “direitos” e o PAN, “animais”, “criar” ou “nacional”.

Faça o DOWNLOAD AQUI

Partilhe
Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter