4 Dicas para atingires o teu Work-Life Balance

Estou há pouco tempo no mercado de trabalho, mas atingir o (meu) work-life balance tem sido um grande desafio nos últimos anos, com a entrada no ensino superior e noutros projetos que exigiam bastante tempo da minha parte. 

Digo meu entre parênteses porque cada pessoa tem o seu equilíbrio. Este equilíbrio implica a capacidade de conciliar compromissos e responsabilidades profissionais com pessoais. Como tal, esta distribuição do tempo depende sempre das prioridades e das necessidades específicas de cada pessoa, pelo que é diferente para cada um de nós. É natural que, com o tempo, as expectativas possam variar e também este balanço é ajustado consoante as prioridades estabelecidas em cada momento. 

Esta procura pelo equilíbrio entre a vida pessoal e profissional tem sido cada vez mais valorizada. O mercado de trabalho e a sua dinâmica está em constante mutação e, por isso, o próprio ritmo de trabalho é cada vez maior e a pressão para atingir objetivos não fica atrás.

A verdade é que, atualmente, esta nova realidade de teletrabalho leva a que a esfera pessoal e profissional se torne cada vez mais indissociável entre si. Contudo, estar em teletrabalho não significa trabalhar mais horas. Aliás, o horário de trabalho deve manter-se, assim como as suas rotinas fora dele. Para além disso, trabalhar em casa também nos dá mais tempo para realizar várias tarefas – o importante é saber como gerir o tempo da melhor forma. Aqui ficam algumas dicas:

Organizar e valorizar o tempo

Organizar e planear o dia é essencial para garantir este work-life balance. Que tal uma agenda onde possas escrever tudo aquilo que tens para fazer em cada dia da semana? Não te esqueças de guardar um espacinho para ti, para a tua família e amigos (sempre em segurança, claro). Teres esses momentos bem definidos vão motivar-te para tudo o resto. Outra coisa importante é saber dizer não. Percebe as tuas prioridades, aquilo que é importante para ti e valoriza o teu tempo, usufruindo do mesmo como e com quem quiseres.

Estar focado em cada momento

Evitar atender chamadas ou resolver assuntos pessoais durante o dia de trabalho aumenta a nossa produtividade. Contudo, também há o outro lado da moeda: durante momentos de lazer e convívio também deves evitar o impulso de resolver assuntos profissionais ou responder a e-mails. Há momentos para tudo.

Aceitar que o perfeccionismo não é tudo

É bom querermos as coisas bem feitas e é ótimo tentarmos realizá-las nesse sentido. No entanto, não podemos ser os melhores em todas as alturas e o perfeccionismo deixa de ser saudável quando se torna um peso demasiado grande que apenas pressiona e nos tira de nós. A solução é darmos sempre o nosso melhor em tudo aquilo que fazemos.

Dormir

Sim, dormir. Claro que as necessidades de sono de cada um são diferentes, mas dormir bem define bastante a nossa produtividade, a nossa energia, a nossa atenção e ainda ajuda na redução dos níveis de stress.

Por fim, o nosso grande desafio é relativizar e priorizar, sem nunca descurar as nossas responsabilidades. É importante estabelecer limites, mas acima de tudo encontrar um meio termo onde há tempo para trabalhar e para viver. A vossa saúde mental agradece.

Um desafio para as empresas

A procura pelo work-life balance é considerada uma condição necessária para dar resposta aos desafios colocados pela competitividade empresarial. Por isso, também é essencial que as empresas promovam o work-life balance dos seus colaboradores, contribuindo para a realização pessoal e bem-estar dos mesmos. Só assim será possível melhorar a performance da empresa, a sua produtividade e reduzir os conflitos interpessoais. O Estudo Best Workplaces 2019 conclui que o segundo principal motivo para retenção de colaboradores é o equilíbrio e a qualidade de vida.

Rita Góis, Communication Trainee

Partilhe
Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter